Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/5702
Type: Trabalho de conclusão de graduação
Title: Análise Faciológica e Petrografia de Arenitos da Formação Macacu (Membro porto das Caixas) Bacia do Macacu (RJ)
Author(s)/Inventor(s): Fiuza, Bernardo Oliveira
Advisor: Mello, Claudio Limeira
Abstract: A Bacia do Macacu (Paleógeno) está inserida no contexto do Gráben da Guanabara (segmento oriental do Rift Continental do Sudeste do Brasil), sendo uma das principais áreas de ocorrência da sedimentação cenozoica no estado do Rio de Janeiro. Seu preenchimento sedimentar, designado pela formação homônima, é composto por sedimentos clásticos continentais associados a sistemas deposicionais fluviais entrelaçados e de leques aluviais (Membro Porto das Caixas), e a depósitos lacustres (Membro Rio Vargem). A atuação de processos pós-deposicionais é bastante evidente e, muitas vezes, oblitera as características primárias das rochas, associando-se ao aspecto friável e à laterização das rochas, e à caulinização dos feldspatos. O presente estudo tem como objetivo realizar a análise faciológica do Membro Porto das Caixas da Formação Macacu, incluindo, como apoio a esta análise, a caracterização petrográfica das litofácies areníticas, buscando-se contribuir para as discussões sobre a evolução sedimentar da Bacia do Macacu, em termos de seus sistemas deposicionais e quanto à atuação dos processos pós-deposicionais. Para o desenvolvimento deste trabalho foram realizadas, inicialmente, atividades de campo para o reconhecimento da área e seleção de afloramentos. Foram selecionados 4 (quatro) afloramentos, nos quais foram confeccionados perfis faciológicos (escala 1:20) e seções estratigráficas, a partir de fotomosaicos. Foram coletadas 8 (oito) amostras das litofácies areníticas para a realização das análises petrográficas, distribuídas de forma a representar a variedade do registro aflorante. Foram efetuadas, também, análises granulométricas, visando caracterizar os depósitos de uma maneira mais completa, além de auxiliar as análises faciológicas e petrográficas. Como resultados, foram identificadas 6 (seis) litofácies, sendo 2 (duas) conglomeráticas, 2 (duas) areníticas e 2 (duas) pelíticas. São, no geral, conglomerados estratificados, brechas intraformacionais, arenitos maciços e estratificados, localmente conglomeráticos, e pelitos arenosos, maciços e laminados. Esses depósitos se apresentam em camadas lenticulares, lenticulares extensas e tabulares, geralmente apresentando contatos erosivos, sendo interpretados como depósitos de rios entrelaçados. A composição primária arcoseana sugere uma deposição durante clima seco e/ou um soterramento rápido, em uma bacia com elevada taxa de subsidência. A baixa maturidade textural indica a proximidade das áreas-fonte. A ação dos processos pós-deposicionais, caracterizada essencialmente pela laterização dos depósitos e pela alteração dos grãos instáveis do arcabouço, modificou a composição e as características permoporosas originais dessas rochas. No entanto, ainda foi possível reconhecer características primárias importantes para a interpretação da evolução sedimentar da bacia.
Keywords: Cenozoico
Formação Macacu
Fácies Sedimentares
Petrografia
Subject CNPq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIAS::GEOLOGIA
Department : Instituto de Geociências
Publisher: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Issue Date: Jul-2015
Publisher country: Brasil
Language: por
Right access: Acesso Aberto
URI: http://hdl.handle.net/11422/5702
Appears in Collections:Geologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
FIUZA, B.O.pdf4,93 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.