Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/11422/5757
Tipo: Trabalho de conclusão de graduação
Título: Estudo da viabilidade da determinação do espectro de um feixe de fótons para radioterapia usando um detector de pixels
Autor(es)/Inventor(es): Vieira Junior, Marcos Guilherme
Orientador: Marinho, Franciole da Cunha
Coorientador: Macedo, Erica Ribeiro Polycarpo
Resumo: O conhecimento do espectro de energia produzido por um acelerador linear é necessário para uma grande diversidade de estudos como, por exemplo, aprimorar os planejamentos de tratamentos e até os próprios aceleradores. Uma das formas típicas de obtenção desses espectros é através da simulação detalhada da geometria do equipamento, que frequentemente não é totalmente conhecida. O objetivo deste trabalho é verificar a viabilidade de uma técnica alternativa para obtenção de espectros na faixa de 0 a 6 MeV baseadas na medida do espectro de energia depositada em um detector de silício e deconvolução com uma função resposta conhecida. O detector utilizado possui um sensor de silício quadrado de lado 1,41 cm e 300 μm de espessura, composto por uma matriz de 256x256 pixels de lado 55 μm cada, e uma eletrônica de leitura TimePix com 100 μm de espessura. A simulação pelo método Monte Carlo, através do software Geant4 adicionado do pacote PENELOPE, foi utilizada tanto para a determinação da função resposta do detector como para o estudo de viabilidade do método, usando como exemplo o espectro de um acelerador Varian Clinac 600C. Para a análise e tratamento de dados, foram utilizados o pacote ROOT e as bibliotecas de código aberto Eigen para solução das equações algébricas. Variando parâmetros como número de eventos utilizados para as simulações e a dimensão tanto do vetor relativo ao espectro como da matriz de deconvolução, foi possível avaliar como estes influenciam no resultado. Dessa forma, foi possível reconstruir o espectro incidente com uma margem de 5-10% para energias até cerca de 2 MeV, a partir das quais os percentuais de fótons incidentes se reduz de 5% até zero, e as respectivas eficiências de 13% até cerca de 10% nos limites de energia, levando a flutuações de acordo com os parâmetros utilizados. Foram ainda estabelecidas condições otimizadas para que o processo possa ser testado bem como estimados tempos necessários de aquisição.
Palavras-chave: Função resposta
Espectrometria
Método de Monte Carlo
Detectores radioativos
Assunto CNPq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::FISICA::FISICA DAS PARTICULAS ELEMENTARES E CAMPOS
Departamento: Instituto de Física
Editor: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Data de publicação: 31-Jan-2018
País de publicação: Brasil
Idioma da publicação: por
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://hdl.handle.net/11422/5757
Aparece nas coleções:Física Médica

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TCC_Marcos_Vieira_IF-FISMED.pdf2,92 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.