Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/5788
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorD´Elia, Eliane-
dc.contributor.authorFerreira, Kelly Cristina Ribeiro-
dc.date.accessioned2018-11-21T22:58:06Z-
dc.date.available2018-11-23T02:00:13Z-
dc.date.issued2018-02-19-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11422/5788-
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio de Janeiropt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectCasca de cebolapt_BR
dc.subjectInibidor de corrosãopt_BR
dc.subjectAço-carbono 1020pt_BR
dc.titleEstudo do extrato aquoso de casca de cebola como inibidor de corrosão para o aço-carbono 1020 em diferentes meiospt_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de graduaçãopt_BR
dc.contributor.advisorLatteshttp://lattes.cnpq.br/2739863135439867pt_BR
dc.contributor.authorLatteshttp://lattes.cnpq.br/6781300304945954pt_BR
dc.contributor.referee1Ribeiro, Emerson Schwingel-
dc.contributor.referee1Latteshttp://lattes.cnpq.br/4215461340747792pt_BR
dc.contributor.referee2Lima, Klícia Carla de Santana de-
dc.contributor.referee2Latteshttp://lattes.cnpq.br/8010915000020619pt_BR
dc.description.resumoEste estudo avaliou a ação inibidora do extrato aquoso de casca de cebola na corrosão do açocarbono 1020 em solução 1 mol L-1 de HCl e em meio altamente salino. Foram realizados ensaios de perda de massa com variação de tempo, concentração e temperatura, eletroquímicos de curvas de polarização anódica e catódica e de impedância eletroquímica, além de análise da superfície do aço carbono por Microscopia Eletrônica de Varredura (MEV) e teste para quantificação de compostos fenólicos. No meio ácido, os ensaios gravimétricos, apresentaram um aumento da eficiência de inibição com o tempo de imersão, concentração do extrato e temperatura. Os ensaios gravimétricos com variação de temperatura na presença do extrato mostraram uma diminuição da energia de ativação aparente associada ao processo de corrosão em relação ao branco, caracterizando assim, um mecanismo de adsorção química. A adsorção se adequou à Isoterma de Langmuir. Os ensaios de impedância eletroquímica mostraram que os valores da resistência de transferência de carga aumentaram na presença de inibidor, atingindo 94% de eficiência de inibição na presença de 300 mg L-1 do extrato. O deslocamento do potencial de corrosão e a ação inibitória em ambas as curvas de polarização anódica e catódica mostraram que o extrato da casca de cebola atuou como inibidor do tipo misto. A análise de superfície evidenciou a ação protetora do extrato pela menor rugosidade da superfície. Para o meio altamente salino, foram realizados ensaios gravimétricos e ensaios eletroquímicos. Os ensaios gravimétricos em diferentes concentrações apresentaram uma eficiência satisfatória de no máximo 73%. Os ensaios de impedância eletroquímica mostraram que os valores da resistência da transferência de carga aumentaram na presença do inibidor, atingindo 82,3% na presença de 400 mg L -1.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentInstituto de Químicapt_BR
dc.publisher.initialsUFRJpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::QUIMICA::FISICO-QUIMICA::ELETROQUIMICApt_BR
dc.embargo.termsabertopt_BR
Appears in Collections:Química

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Kelly Cristina Ribeiro Ferreira.pdf736,85 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.