Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/6056
Type: Trabalho de conclusão de graduação
Title: Aplicação de método baseado em PCR em tempo real para detecção de glúten em alimentos destinados a portadores de doença celíaca
Author(s)/Inventor(s): Machado, Jéssica Pereira
Advisor: Torres, Alexandre Guedes
Co-advisor: Oliveira, Edna Maria Morais
Abstract: A doença celíaca é uma intolerância permanente às proteínas contidas no glúten de alguns cereais. É caracterizada por atrofia da mucosa do intestino delgado proximal e consequente má absorção dos nutrientes, em indivíduos geneticamente susceptíveis. Os métodos convencionais para a detecção de glúten são baseados na determinação da presença das proteínas, o que pode resultar em falsos negativos. Em contrapartida, muitos pesquisadores vêm desenvolvendo métodos baseados em PCR para detecção de DNA. O presente trabalho busca aplicar um método baseado em q-PCR para detecção de glúten em alimentos destinados a celíacos. Para isso, metodologias baseadas na detecção de sequências de DNA foram efetuadas para amostras de trigo, cevada, aveia, centeio e produtos “livres de glúten”, “naturalmente livres de glúten” e “contém glúten”. Inicialmente foram construídos primers específicos para a detecção das sequências de DNA das proteínas que formam o complexo glúten. Após o isolamento do DNA das amostras supracitadas, estes primers foram testados usando PCR qualitativa. Os primes selecionados foram então testados em q-PCR com o sistema SYBR Green, para aumento da sensibilidade. Entretanto, os resultados não foram aceitáveis, ficando claro que para uso do Sistema SYBR Green será necessário o desenho de novos primers. Em seguida, foram testados primers e sondas TaqMan já validados por q-PCR pelo sistema TaqMan. A partir dos resultados foram estabelecidas a eficiência da reação, que variou de 98,44 a 101,65%, e o limite de detecção que variou de 0,59 a 2,08 ng/μL. Após determinar estes parâmetros de validação, foram realizadas análises de q-PCR para as amostras processadas para verificar possíveis efeitos de matriz, o resultados foram aceitáveis. Sendo assim, foi possível detectar glúten por q-PCR o que aumenta a confiabilidade dos resultados a partir da aplicação de um método mais sensível e eficaz.
Keywords: Glúten
Doença celíaca
DNA
Alimentos
Subject CNPq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::QUIMICA
CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::BIOQUIMICA
Department : Instituto de Química
Publisher: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Issue Date: 6-Mar-2012
Publisher country: Brasil
Language: por
Right access: Acesso Aberto
URI: http://hdl.handle.net/11422/6056
Appears in Collections:Química

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Jéssica Pereira Machado.pdf979,31 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.