Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/6146
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorKonder, Cíntia Muniz de Souz-
dc.contributor.authorCampos, Marina Guedes Costa-
dc.date.accessioned2019-01-21T16:28:18Z-
dc.date.available2019-01-23T02:00:15Z-
dc.date.issued2018-07-
dc.identifier.citationCAMPOS, Marina Guedes Costa. Os impactos da sociedade de informação na consolidação do direito ao esquecimento. 2018. 80 f. Trabalho de conclusão de curso (Graduação em Direito) - Faculdade Nacional de Direito, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2018.pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11422/6146-
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio de Janeiropt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectSociedade da informaçãopt_BR
dc.subjectMídias sociaispt_BR
dc.subjectEsquecimentopt_BR
dc.subjectPrivacidadept_BR
dc.subjectDireito à informaçãopt_BR
dc.subjectLiberdade de expressãopt_BR
dc.subjectInformation societyen
dc.subjectSocial mediaen
dc.subjectForgetfulnessen
dc.subjectPrivacyen
dc.subjectRight to informationen
dc.subjectFreedom of expressionen
dc.titleOs impactos da sociedade de informação na consolidação do direito ao esquecimentopt_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de graduaçãopt_BR
dc.contributor.advisorLatteshttp://lattes.cnpq.br/3602648411059946pt_BR
dc.description.resumoEspecialmente após o desenvolvimento tecnológico e a disseminação dos canais de comunicação, fenômenos que facilitaram o acesso à internet e impulsionaram o uso da rede em todos os aspectos da vida humana, iniciou-se o debate em torno da necessidade de consolidação do direito ao esquecimento. Até então, desconhecia-se o valor das informações disponibilizadas em rede e, principalmente, o alcance e as consequências que o conteúdo divulgado pelas tecnologias da informação poderia gerar para o indivíduo. Tais transformações sociais ensejaram, então, o surgimento de um direito capaz de tutelar o indivíduo nesse novo cenário em que dados e fatos pessoais adquirem um caráter de perpetualidade na sociedade da informação. Assim, o direito ao esquecimento vem ganhando espaço no ordenamento jurídico e, por defender interesses antagônicos, por vezes, colide com outras garantias fundamentais, como o direito à informação e liberdade de expressão. Sendo assim, faz-se necessário a análise do caso concreto e a utilização da técnica de ponderação para solucionar eventual conflito entre esses direitos igualmente fundamentais.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentFaculdade Nacional de Direitopt_BR
dc.publisher.initialsUFRJpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::DIREITO::TEORIA DO DIREITO::SOCIOLOGIA JURIDICApt_BR
dc.embargo.termsabertopt_BR
Appears in Collections:Direito

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MGCCAMPOS.pdf482,22 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.