Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/7645
Type: Tese
Title: Urban flood mitigation through land-use adaptation : a socioecological perspective of Paraty
Author(s)/Inventor(s): Barbedo, José Mendes Ribeiro
Advisor: Miguez, Marcelo Gomes
Co-advisor: Carneiro, Paulo Roberto Ferreira
Co-advisor: Horst, Dan Van der
Abstract: Este estudo explora as possibilidades de adoção de medidas de adaptação do uso do solo à Função Social da Propriedade e da Cidade enquanto potencial instrumento para a mitigação de inundações urbanas. A cidade Brasileira de Paraty constitui o objeto empírico de análise, considerando as bacias hidrográficas dos rios Mateus Nunes e Perequê-Açu onde se localiza. Os processos de mudança de uso do solo no território em estudo são analisados em duas vertentes interativas: na sua dimensão física, avaliando os impactos da expansão urbana nas inundações através de modelação hidrológica; e na sua dimensão sócio-política, analisando os processos de decisão relativos ao uso e apropriação do solo urbano, considerando fatores sociais, económicos e institucionais que influenciam essas decisões. A análise física consiste na modelagem hidrodinâmica das bacias hidrográficas em estudo para avaliar, quantificar e visualizar os efeitos da expansão urbana, estabelecendo um nexo de causalidade entre mudanças de uso do solo e os impactos positivos ou negativos sobre as inundações. A simulação de cenários hipotéticos de urbanização permite medir custos e benefícios hidrológicos de diversas opções de uso do solo. A análise sócio-política foca nos desafios de governança para a integração de medidas preventivas de mitigação de inundações urbanas, abordando as causas que estão na raiz dos riscos ambientais e vulnerabilidades sociais, que tem vindo a se intensificar na virada do milénio, em periferias urbanas do Sul.
Abstract: This study explores the possibilities of adapting land-use change dynamics in periurban floodplains to the Social Function of Property and the City, as a potentially effective way of mitigating urban flood risks. The Brazilian city of Paraty is the empirical object of analysis, considering the Mateus Nunes and Perequê-Açu river basins where it is located. Land-use change processes in the study area are analyzed in two interactive dimensions: the physical dimensions, assessing the impacts of urban expansion in the aggravation of floods through hydrodynamic modeling; and their sociopolitical dimensions, analyzing the decision-making processes relating to the use and appropriation of urban land, considering social, economic, and institutional factors that influence these decisions. The hydrodynamic-modeling exercise intends to assess, quantify, and visualize the effects of urban expansion, establishing a causal link between land-use changes and the positive or negative impacts on flooding conditions. The simulation of hypothetical scenarios of urbanization measures localizes hydrological costs and benefits according to different land-use options. The socio-political analysis focuses on the governance challenges of integrating preventive land-use measures for urban flood mitigation, addressing the root causes of the increasing environmental risks and social vulnerabilities, which are increasing with particular intensity at the turn of the new millennia, in urban peripheries of the South.
Keywords: Mitigação de Inundações
Adaptação do Uso do Solo
Políticas Urbanas
Subject CNPq: CNPQ::ENGENHARIAS::ENGENHARIA CIVIL
Program: Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil
Department : Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-Graduação e Pesquisa de Engenharia
Publisher: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Issue Date: 29-Apr-2016
Publisher country: Brasil
Language: por
Right access: Acesso Aberto
Appears in Collections:Engenharia Civil

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
838800.pdf6,61 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.