Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/7734
Type: Trabalho de conclusão de especialização
Title: Do caos à lama: o caso da moradia "invisível" da Comunidade Peito Roxo
Author(s)/Inventor(s): Lima, Hércules Paes
Advisor: Fridman, Fania
Abstract: O trabalho trata da questão da precariedade do acesso à moradia no Brasil pela camada social mais baixa. Assim, procura-se esboçar neste ensaio alguns questionamentos a respeito da construção do espaço urbano, que é palco onde se desenrolam os embates sociais conflituosos entre as classes que o vivenciam e se opõem, fazendo deste um "campo de lutas". São essas classes, a elite - aqui representada pelos mais diversos atores e agentes sociais, como o Estado, os promotores imobiliários, os promotores fundiários, entre outros -, e, do outro lado, a classe popular lutando para se inserir no meio citadino e impondo seu direito ao uso e pertencimento à cidade. Nesse contexto, estudou-se a comunidade Peito Roxo, localizada no bairro de Ilha de Guaratiba, zona oeste da cidade do Rio de Janeiro, que abriga em seu seio as várias marcas de segregação socioespacial. Seus moradores vivem os mais diversos dramas sociais, protagonizados pela deficiência em permanecerem no manguezal invadido e pela precariedade das construções ali erigidas, o que contribui para o que chamamos de moradias invisíveis, por estarem desconexas e desarticuladas das redes de água, energia elétrica, infraestrutura e, principalmente, por serem invisíveis para o Estado de Direito.
Abstract: The paper deals with the question of the precariousness of access to housing in Brazil by the social strata of the dispossessed. Thus, we try to sketch in this essay some questions about the construction of the urban space, which is the scene where the conflicting social conflicts between classes who live it and oppose it, making it a "field of struggle". These are the elite - represented here by the most diverse actors and social agents, such as the State, real estate developers, land developers, and others. , on the other side, the popular class struggling to enter the city and imposing its right to use and belong to the city. In this context, the Peito Roxo community was studied, located in the district of Ilha de Guaratiba, west zone of the city of Rio de Janeiro, which houses the various brands of socio-spatial segregation. Its inhabitants live in the most diverse social dramas, characterized by the deficiency in remaining in the mangrove invaded and by the precariousness of the erected buildings, which contributes to what we call invisible dwellings, because they are disconnected and disarticulated of the networks of water, electric energy, infrastructure and especially because they are invisible to the rule of law.
Keywords: Planejamento urbano
Segregação espacial
Espaço urbano
Habitação
Ilha de Guaratiba (RJ)
Infraestrutura
Subject CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::PLANEJAMENTO URBANO E REGIONAL::SERVICOS URBANOS E REGIONAIS::INFRA-ESTRUTURAS URBANAS E REGIONAIS
Program: Programa de Pós-Graduação em Planejamento Urbano e Regional
Department : Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano e Regional
Publisher: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Issue Date: 2006
Publisher country: Brasil
Language: por
Right access: Acesso Aberto
Appears in Collections:Política e Planejamento Urbano

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
HPLima-min.pdf4,66 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.