Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/7932
Type: Trabalho de conclusão de graduação
Title: Caracterização Tecnológica das Rochas de Monumentos e Prédios Históricos da Terra de Noel ─ Vila Isabel, Rio de Janeiro, RJ
Author(s)/Inventor(s): Vieira, Diego Peixoto
Advisor: Mansur, Kátia Leite
Co-advisor: Ribeiro, Roberto Carlos da Conceição
Abstract: As alterações das rochas são fenômenos naturais que ocorrem com rochas in situ ou ex situ, podendo ser influenciados e acelerados pela ação antrópica. Com a utilização das rochas como material de cantaria pelo homem, estes processos de intemperismo das rochas passaram a sofrer influência antrópica através da poluição e depredação, se fazendo necessário o conhecimento e a valorização da geodiversidade a fim de promover a geoconservação de monumentos naturais e históricos. No bairro de Vila Isabel, rochas como o gnaisse facoidal, granito, basalto e calcário, presentes no Monumento de Noel Rosa, na Basílica Nossa Senhora de Lourdes, no Mosteiro de Nossa Senhora da Conceição da Ajuda e nas Calçadas Musicais de pedras portuguesas, são afetadas por estes processos intempéricos. Este trabalho tem por objetivo fazer um levantamento sobre: a história destes importantes monumentos para o bairro; as rochas que os compõem; e as suas características tecnológicas. Assim, por meio do uso de equipamentos portáteis e métodos não-destrutivos, foram realizados diferentes tipos de trabalhos de campo para analisar as condições das rochas dos monumentos, tais como o mapeamento de danos, a medição da colorimetria, dureza, velocidade de ondas ultrassônicas, análise química da composição das rochas pelo método de FRX, análise química das águas de lavagem e ensaio de absorção de água com tubo de Karsten. O resultado dos ensaios evidenciou a influência danosa do desenvolvimento urbano nos monumentos, através de alterações que ocorrem de forma natural e por atividade antrópica. Foi observada a ocorrência de alteração cromática amarelada devido a ação da água, que mancha a rocha e acelera a alteração de minerais ferro magnesianos, a deposição de enxofre liberado pela queima de combustíveis de veículos, a deposição de sais que podem ser oriundos da ascensão por capilaridade de águas subterrâneas salobras e/ou por spray marinho, parafina de vela, grafite e perdas de massa causadas por dano físico, estando ou não restaurada. Concluiu-se que estas alterações são causadas majoritariamente pela atividade antrópica, e que, logo, se faz necessária uma educação patrimonial da população. Assim, este trabalho visa contribuir para o conhecimento de degradação de monumentos históricos e suas possíveis causas, difundindo a geociência através da geoconservação.
Keywords: Alterabilidade de rochas
Geoconservação
Gnaisse facoidal
Granito
Subject CNPq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIAS::GEOLOGIA::PETROLOGIA
Production unit: Instituto de Geociências
Publisher: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Issue Date: 2016
Publisher country: Brasil
Language: por
Right access: Acesso Aberto
Appears in Collections:Geologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
VIEIRA, D.P.pdf6,18 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.