Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/8454
Type: Trabalho de conclusão de graduação
Title: Relações étnico-raciais no mercado de trabalho brasileiro: percepções de trabalhadores afro-brasileiros no comércio de vestuário carioca
Author(s)/Inventor(s): Oliveira, Ednalva Gomes Silva de
Advisor: Farias, Patricia Silveira de
Abstract: Estuda as percepções de comerciários afro-brasileiros sobre suas relações de trabalho no setor de vestuário, em um shopping center carioca. A investigação parte do pressuposto constatado nas recentes estatísticas brasileiras, que revelaram que aproximadamente 53% da população pertence ao grupo de pretos e pardos, entretanto, os dados sobre a participação destes segmentos no mercado de trabalho não espelham esta realidade (cf. IBGE, 2013 e LAESER, 2013). Estes estudos apontam que apenas 47,1% deste contingente em idade produtiva se encontram formalmente empregados. Além disso, tais estudos revelaram que a remuneração recebida pelo grupo de pretos e pardos equivale a 57,6% do valor recebido por trabalhadores brancos ocupantes das mesmas funções. Outro agravante encontra-se no fato de que as funções ocupadas por estes trabalhadores se concentram em atividades de baixa remuneração. Vários estudos qualitativos também já apontaram a existência de racismo na sociedade brasileira (cf. Guimarães, 1999), e para suas especificidades, como seu caráter velado e sua ambiguidade (Nogueira, 1985). Neste sentido, o presente estudo busca compreender como homens e mulheres afro-brasileiros que trabalham num shopping center da Cidade do Rio de Janeiro avaliam a dinâmica étnico-racial existente e em que medida vivenciam e reconhecem situações que envolvem preconceito, discriminação racial e racismo, neste ambiente. De caráter qualitativo, o estudo é resultado de uma pesquisa exploratória com uso de técnica de coleta de dados com observação participante e entrevistas em profundidade, com 20 trabalhadores. Foi utilizado, ainda, um levantamento bibliográfico e estatístico sobre a inserção de afro-brasileiros no mercado de trabalho. O resultado da pesquisa revelou, de acordo com as percepções dos comerciários afro-brasileiros, que o shopping center como ambiente de trabalho configura-se como adverso, excludente e que mantém práticas racistas como preconceito e discriminação contra homens e mulheres em relação às suas origens étnico-raciais.
Keywords: Relações de trabalho
Mercado de trabalho
Racismo
Subject CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::SERVICO SOCIAL::SERVICO SOCIAL APLICADO::SERVICO SOCIAL DO TRABALHO
Production unit: Escola de Serviço Social
Publisher: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Issue Date: 4-Jul-2016
Publisher country: Brasil
Language: por
Right access: Acesso Aberto
Citation: OLIVEIRA, Ednalva Gomes Silva de. Relações étnico-raciais no mercado de trabalho brasileiro: percepções de trabalhadores afro-brasileiros no comércio de vestuário carioca. 2016. 106 p. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Serviço Social) - Escola de Serviço Social, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2016.
Appears in Collections:Serviço Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
EGSOliveira.pdf729,01 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.