Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/8717
Type: Trabalho de conclusão de graduação
Title: O rock na Maré: repressão no contexto da ocupação militar
Author(s)/Inventor(s): Carvalho, Elza Maria Cristina Laurentino de
Advisor: Azambuja, Miriam Krenzinger
Abstract: Discute os possíveis motivos pelos quais os eventos de rock do coletivo Rock em Movimento, que acontecem nas ruas da Maré, bairro popular, do Rio de Janeiro (RJ) – constituído por conjunto de 16 favelas e aproximadamente 140 mil habitantes, localizado entre a Avenida Brasil, Linhas Amarela e Vermelha, principais pontos de acesso à cidade – não sofreram repressão ou foram impedidos de acontecer, no contexto de ocupação militar para a implantação de uma Unidade de Polícia Pacificadora (UPP), mesmo com o não cumprimento das normas exigidas e impostas a todos os eventos musicais, diferentemente ao que ocorreu com eventos de outros gêneros, como o funk, situação esta, observada em pesquisas de campo e entrevistas realizadas pelo grupo de pesquisa Musicultura, um coletivo de pesquisa da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), que atua na Maré desde 2004 e do qual faço parte desde 2009. Com base em autores como (Valladares, 2005), (Pacheco, 2014), (Netto, 2006; 2010), (Kapp, 2015), (Encarnação, 2009) e autores mareenses como (Franco, 2014) e (Silva, 2011), articulando com a análise da percepção dos entrevistados quanto ao gênero rock e o que consideravam como explicação para o não impedimento da ocorrência dos eventos, foi possível identificar quatro pressupostos que contribuíram para o entendimento da não proibição pelos militares, dos eventos do gênero rock dentro da Maré. O primeiro seria a não vinculação com o tráfico de drogas, o segundo por não ser um gênero musical com seu nascimento na favela, terceiro a vinculação do gênero rock a classe média branca, e quarto, a visão social que se tem do público de rock. A metodologia aplicada ao trabalho consiste de entrevista aberta, realizada entre os meses de junho e setembro de 2015, com os produtores dos eventos do Rock em Movimento, os músicos e frequentadores, contendo uma questão da qual permitiu que os entrevistados, selecionados através do método “bola de neve”, livremente falassem sobre o assunto abordado, no qual foi possível identificar elementos de reprodução da visão estereotipada que se tem sobre a favela e sua cultura.
Keywords: Diversidade cultural
Favelas
Rock
Subject CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::SERVICO SOCIAL
Production unit: Escola de Serviço Social
Publisher: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Issue Date: 2016
Publisher country: Brasil
Language: por
Right access: Acesso Aberto
Citation: CARVALHO, Elza Maria Cristina Laurentino de. O rock na Maré: repressão no contexto da ocupação militar. 2016. 64 f. Trabalho de conclusão de curso (Graduação em Serviço Social) - Escola de Serviço Social, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2016.
Appears in Collections:Serviço Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
EMCLaurentino.pdf1,33 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.