Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/9769
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorBevilacqua, Luiz-
dc.contributor.authorJiang, Maosheng-
dc.date.accessioned2019-09-23T16:39:00Z-
dc.date.available2019-09-25T03:00:18Z-
dc.date.issued2017-03-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11422/9769-
dc.description.abstractA abordagem discreta é empregada para a difusão com retenção para obter a equação de quarta ordem, o que sugere a introdução de um segundo fluxo levando à associação da teoria bi-fluxo com novos parâmetros: fração β e coeficiente de reatividade R. O objetivo desta tese é explorar a Embora comparando o comportamento da concentração e os dois fluxos com o modelo clássico, principalmente pelo método de elementos finitos de Galerkin. Mostra-se que o processo pode ser acelerado ou retardado dependendo da relação entre R e β, para o meio isotrópico. Dependendo da definição do segundo fluxo em função desses parâmetros e da relação β= β(R), o comportamento inesperado aumentando a concentração logo após a introdução de um impulso inicial que se opõe à tendência natural de dispersão, pode se desenvolver em uma recuperação restrita. O coeficiente de reatividade R considerado como um atrator variando no espaço e no tempo de acordo com uma lei de difusão é proposto para simular caixa de nutrientes atraindo partículas biológicas. Finalmente, são apresentados dois casos típicos de difusão não-linear que representam dinâmicas de reações químicas. O modelo bi-fluxo tende a regularizar as soluções.pt_BR
dc.languageengpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio de Janeiropt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectEngenharia civilpt_BR
dc.subjectElementos finitos.pt_BR
dc.subjectElementos finitospt_BR
dc.titleThe fourth order diffusion model for a bi-flux mass transferpt_BR
dc.typeTesept_BR
dc.contributor.authorLatteshttp://lattes.cnpq.br/3250994851810342pt_BR
dc.contributor.referee1Silva Neto, Antonio Jose da-
dc.contributor.referee2Ebecken, Nelson Francisco Favilla-
dc.contributor.referee3Mansur, Webe João-
dc.contributor.referee4Galeão, Augusto César Noronha Rodrigues-
dc.description.resumoA abordagem discreta é empregada para a difusão com retenção para obter a equação de quarta ordem, o que sugere a introdução de um segundo fluxo levando à associação da teoria bi-fluxo com novos parâmetros: fração β e coeficiente de reatividade R. O objetivo desta tese é explorar a Embora comparando o comportamento da concentração e os dois fluxos com o modelo clássico, principalmente pelo método de elementos finitos de Galerkin. Mostra-se que o processo pode ser acelerado ou retardado dependendo da relação entre R e β, para o meio isotrópico. Dependendo da definição do segundo fluxo em função desses parâmetros e da relação β= β(R), o comportamento inesperado aumentando a concentração logo após a introdução de um impulso inicial que se opõe à tendência natural de dispersão, pode se desenvolver em uma recuperação restrita. O coeficiente de reatividade R considerado como um atrator variando no espaço e no tempo de acordo com uma lei de difusão é proposto para simular caixa de nutrientes atraindo partículas biológicas. Finalmente, são apresentados dois casos típicos de difusão não-linear que representam dinâmicas de reações químicas. O modelo bi-fluxo tende a regularizar as soluções.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentInstituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-Graduação e Pesquisa de Engenhariapt_BR
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Engenharia Civilpt_BR
dc.publisher.initialsUFRJpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::ENGENHARIAS::ENGENHARIA CIVILpt_BR
dc.embargo.termsabertopt_BR
Appears in Collections:Engenharia Civil

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
882771.pdf3,83 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.