Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/11422/2168
Tipo: Trabalho de conclusão de graduação
Título: O mundo em ação: a proposta de ciberativismo da organização Avaaz
Autor(es)/Inventor(es): Rodrigues, Lia Brum
Orientador: ElHajji, Mohammed
Resumo: Aborda aspectos da mobilização social global propiciada pelas tecnologias contemporâneas de informação e comunicação, por meio do estudo de caso da organização não-governamental internacional Avaaz. Esta convoca indivíduos a se mobilizarem em defesa de causas mundiais a partir do envio de abaixo-assinados eletrônicos (“petições online”), e pode ser classificada como uma promotora do ciberativismo, o qual se entende como uma espécie de militância praticada pela internet e se insere em um contexto de emergência de novas formas de relacionamento entre os seres humanos e organização social em rede, em meio à globalização. O estudo de caso envolve uma análise da instituição Avaaz, de seus mecanismos de atuação e de suas relações com as mídias atuais, na tentativa de evidenciar suas potencialidades e limitações.
Palavras-chave: Internet
Novas tecnologias da comunicação
Movimentos sociais
Assunto CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::COMUNICACAO::JORNALISMO E EDITORACAO
Departamento: Escola de Comunicação
Editor: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Data de publicação: 1-Jul-2009
País de publicação: Brasil
Idioma da publicação: por
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Citação: RODRIGUES, Lia Brum. O mundo em ação: a proposta de ciberativismo da organização Avaaz. 2009. 78 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Comunicação - Habilitação em Jornalismo) - Escola de Comunicação, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2009.
URI: http://hdl.handle.net/11422/2168
Aparece nas coleções:Comunicação - Jornalismo

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
LBRodrigues.pdf3,03 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.