Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/14172
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorHagge, Alice Silva-
dc.contributor.authorGama, Caroline Souza da-
dc.date.accessioned2021-04-27T14:48:44Z-
dc.date.available2021-04-29T03:00:08Z-
dc.date.issued2019-
dc.identifier.citationGAMA, Caroline Souza da. Análise do procedimento para corte de árvores urbanas no município de Três Rios/RJ. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Ciências Biológicas) - Instituto de Biologia, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2019.pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11422/14172-
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio de Janeiropt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectÁrvorespt_BR
dc.subjectLegislação ambientalpt_BR
dc.subjectPlanejamento territorial urbanopt_BR
dc.subjectTrês Rio (RJ)pt_BR
dc.subjectTreesen
dc.subjectLegislation, environmentalen
dc.subjectUrban territorial planningen
dc.titleAnálise do procedimento para corte de árvores urbanas no município de Três Rios/RJpt_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de graduaçãopt_BR
dc.contributor.advisorLatteshttp://lattes.cnpq.br/1548972112827849pt_BR
dc.description.resumoA espécie humana tem utilizado os recursos naturais e os bens gerados pela natureza desde o início dos tempos e para diversas finalidades. Dentre elas, destacam-se a medicinal, para construções e para fins econômicos. No entanto, com o aumento da população mundial, houve um significativo incremento da utilização dos recursos naturais, gerando consequências como a diminuição das áreas florestais. Por esse motivo, se torna premente a implementação de políticas públicas voltadas à proteção e à recuperação destas áreas. A proteção da cobertura vegetal urbana cabe aos municípios, ou seja, cabe às administrações municipais legislar sobre tais áreas. Sendo assim, o presente trabalho objetivou analisar todo o procedimento de corte de árvores adotado pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Agricultura de Três Rios, verificando sua eficácia, analisar os principais motivos para os pedidos de corte de árvore realizados pela população e propor adequações administrativas e legais. Para isso, foram utilizadas análises quantitativas, para avaliação do número de pedidos de corte de árvore solicitados entre os anos de 2014 a 2018, o tempo médio de duração dos processos e os principais motivos para os pedidos, e qualitativas, para descrever e analisar as principais etapas do processo de corte de árvores, os resultados e as funcionalidades de todo o procedimento, o nível de satisfação da população com os serviços prestados, bem como analisar a legislação vigente e propor alterações, sendo, ainda, implementada a entrevista não estruturada e o questionário para coleta de dados. Os resultados deste estudo demonstraram que, dos 329 processos analisados entre os anos de 2014 a 2018, 77% constam em aberto e 23% constam como arquivados, que tiveram tempo médio de 405 dias para finalização. O questionário aplicado obteve como resultado um baixo nível de satisfação da população, tendo em vista, que nenhuma das médias obtidas chegou a 50%. Em relação ao motivo da solicitação, os dois mais encontrados foram o de risco de queda e danificações estruturais e/ou físicas, corroborando a possível relação da sazonalidade do número de pedidos de corte à variação climática na região. Através deste estudo, pode-se concluir que o procedimento adotado pela SEMMA apresenta uma baixa resolutividade, demonstrando pontos a serem aprimorados. Sendo assim, é necessária a atualização das leis do município e a implementação de novas medidas administrativas que aperfeiçoem o processo.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentInstituto de Biologiapt_BR
dc.publisher.initialsUFRJpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ECOLOGIApt_BR
dc.embargo.termsabertopt_BR
Appears in Collections:Ciências Biológicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
CsGama.pdf894.18 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.