Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/14185
Type: Trabalho de conclusão de graduação
Title: Análise espacial da suscetibilidade à ocorrência de incêndios nas encostas da Bacia do Córrego D’Antas, Nova Friburgo - RJ
Author(s)/Inventor(s): Mendonça, Letícia Bolsas
Advisor: Coelho Netto, Ana Luiza
Co-advisor: Campello, Ana Carolina Facadio
Abstract: Registros paleoambientais indicam a recorrência de incêndios no período geológico recente na Mata Atlântica, no qual alguns autores relacionam essa evidência à ação antrópica desde o Pleistoceno até o Holoceno médio, indicando que o bioma já havia presenciado alterações na vegetação há pelo menos 11,7 mil anos. No entanto, com a intensificação do uso do fogo para técnicas agrícolas e manejo da vegetação, a degradação da vegetação cresceu exponencialmente a partir de 1.500 com a chegada dos imigrantes europeus. Em Nova Friburgo, esse cenário não é diferente, no qual estudos mais recentes revelam que os incêndios são fenômenos recorrentes no município, ocorrendo cerca de 1.500 incêndios entre 2014 e 2017, com 400 incêndios nos meses mais secos. Nesse contexto, este estudo busca classificar e espacializar a suscetibilidade do terreno em relação a detonação e propagação de incêndios na bacia do Córrego d’Antas, em Nova Friburgo. Para isso, foi utilizado um método de ponderação, na qual as classes das variáveis eram potencializadas pelos pesos dos mapas, conforme a relevância da variável. As variáveis/indicadores selecionados foram: vegetação e uso do solo, índice de posicionamento topográfico, orientação das encostas, forma geométrica das vertentes e proximidade de áreas urbanas e vias. Por fim foram construídas cartas de potencial de propagação e potencial de detonação, as quais foram cruzadas para elaborar a carta final da suscetibilidade aos incêndios da bacia do Córrego d’Antas. A carta do potencial de propagação demonstrou que 40% da bacia é classificada como alto potencial de propagação, sendo que 85% da área queimada mapeada ocorreu nessa classe. A maioria dos incêndios ocorrem em até 50 m das estradas e 150 m das áreas urbanas (75% e 88% respectivamente). A carta final da suscetibilidade demonstrou que 45% da área da bacia está classificada como alta suscetibilidade e que 76% da área queimada ocorreu nessa classe.
Keywords: Fogo
Geoprocessamento
Análise geoecológica
Degradação ambiental
Nova Friburgo (RJ)
Subject CNPq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIAS::GEOMORFOLOGIA
Production unit: Instituto de Geociências
Publisher: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Issue Date: Jan-2021
Publisher country: Brasil
Language: por
Right access: Acesso Aberto
Citation: MENDONÇA, Letícia Bolsas. Análise espacial da suscetibilidade à ocorrência de incêndios nas encostas da Bacia do Córrego D’Antas, Nova Friburgo - RJ. 2021. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Geografia) - Instituto de Geociências, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2021.
Appears in Collections:Geografia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
LBMendonca.pdf1,8 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.