Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/4043
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorMendonça Filho, João Graciano-
dc.contributor.authorCunha, Jann Almeida Sillman da-
dc.date.accessioned2018-06-15T17:25:40Z-
dc.date.available2018-06-17T03:00:17Z-
dc.date.issued2015-04-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11422/4043-
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio de Janeiropt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectHidropirólisept_BR
dc.subjectBacia do Paranápt_BR
dc.subjectFormação Iratipt_BR
dc.titleCaracterização geoquímica dos produtos da Hidropirólise de uma amostra imatura da Formação Irati, Bacia do Paranápt_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de graduaçãopt_BR
dc.contributor.advisorLatteshttp://lattes.cnpq.br/0961099296657502pt_BR
dc.contributor.authorLatteshttp://lattes.cnpq.br/9460304730501815pt_BR
dc.description.resumoA hidropirólise é uma técnica de simulação usada para reproduzir em laboratório os processos geológicos de geração e expulsão de petróleo a partir do aquecimento de uma rocha geradora imatura em presença de água. Os produtos destas simulações são um excelente meio para estudar as alterações composicionais que ocorrem no betume e no óleo expulso, causadas pelo aumento da maturação da matéria orgânica contida na rocha geradora, e não a processos secundários tais como biodegradação, lavagem por água, maturação secundária, entre outros. Os efeitos do aumento da evolução térmica da matéria orgânica sobre os principais parâmetros geoquímicos e petrográficos, usados na caracterização de rochas geradoras de petróleo e óleos, também podem ser estudados a partir dos produtos gerados pela hidropirólise. Baseados na utilidade desta técnica, o objetivo principal deste estudo foi determinar as alterações na composição química e molecular (biomarcadores) dos betumes e óleos expulsos obtidos a partir da hidropirólise de uma amostra de folhelho betuminoso imaturo da Formação Irati, Bacia do Paraná. Para atingir os objetivos foram realizados experimentos num reator (310 mL) a temperaturas compreendidas entre 280ºC e 350ºC por 72 horas. Análises de carbono orgânico total e pirólise Rock-Eval foram realizadas na amostra original e nas amostras após cada experimento, os hidrocarbonetos líquidos gerados (betume e óleo expulso) foram caracterizados por cromatografia líquida e cromatografia gasosa acoplada à espectrometria de massas. Os resultados das análises da rocha mostraram a transformação da matéria orgânica em hidrocarbonetos líquidos e o aumento da maturação conforme o aumento da temperatura, alguns parâmetros de biomarcadores corroboraram a evolução térmica durante os experimentos de hidropirólise.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentInstituto de Geociênciaspt_BR
dc.publisher.initialsUFRJpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIAS::GEOLOGIApt_BR
dc.embargo.termsabertopt_BR
Appears in Collections:Geologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
CUNHA, J.A.S.pdf1.87 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.