Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/11422/4199
Tipo: Trabalho de conclusão de graduação
Título: Absenteísmo docente: fatores associados e política de responsabilização escolar do Rio de Janeiro
Autor(es)/Inventor(es): Pereira, Adriana Farias
Orientador: Koslinski, Mariane Campelo
Resumo: Absenteísmo é um termo utilizado para representar a ausência do funcionário ao trabalho. Sendo assim, o presente trabalho é parte de uma monografia de conclusão de curso que investiga se o perfil de liderança/clima escolar, entre outros fatores, está associado ao absenteísmo docente. Para além disso, o estudo pretende observar se a implementação da política de responsabilização escolar da Secretaria Municipal do Rio de Janeiro, Prêmio Anual de Desempenho, foi acompanhada por redução das ausências dos professores em sala de aula. A pesquisa utilizou um indicador de absenteísmo docente (proxy) para fornecer uma medida aproximada sobre as frequências docentes, já que não foi possível acessar esses dados a partir dos sistemas de informação da Secretaria Municipal do Rio de Janeiro. Esse indicador foi elaborado a partir dos questionários contextuais da Prova Brasil (2007-2013) respondidos pelos diretores e professores das escolas municipais do Rio de Janeiro. Dessa forma, o presente estudo contou com análises descritivas da percepção dos diretores e professores sobre o absenteísmo docente ao longo do tempo, cujos resultados apontam que em 2013 houve um aumento considerável da percepção dos diretores sobre o absenteísmo como problema, de 18,6%. Ademais, foram utilizados modelos de regressão logística para estimar a probabilidade do diretor perceber o absenteísmo docente como um problema na escola, controlando variáveis. Os resultados encontrados nessas análises sugerem que, ainda que as condições de trabalho e o nível socioeconômico dos alunos estejam associados à percepção do absenteísmo docente, encontramos também evidências de que quanto maior é a colaboração docente e o perfil de liderança, a percepção de absenteísmo é menor. Outro resultado observado a partir dessas análises mostrou que os diretores mais novos têm quase 2 vezes mais chances de perceber absenteísmo docente como um problema, se comparados com diretores que tem 3 ou mais anos de experiência na direção da escola.
Palavras-chave: Administração pública
Absenteísmo
Professores
Assunto CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO::ADMINISTRACAO EDUCACIONAL::ADMINISTRACAO DE UNIDADES EDUCATIVAS
Departamento: Faculdade de Educação
Editor: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Data de publicação: Set-2016
País de publicação: Brasil
Idioma da publicação: por
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Citação: PEREIRA, Adriana Farias. Absenteísmo docente: fatores associados e política de responsabilização escolar do Rio de Janeiro. 2016. 71 f. Trabalho de conclusão de curso (Graduação em Pedagogia) - Faculdade de Educação, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2016.
URI: http://hdl.handle.net/11422/4199
Aparece nas coleções:Pedagogia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
AFPereira.pdf544,83 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.