Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/11422/4614
Tipo: Trabalho de conclusão de graduação
Título: Nos limites da teoria neoclassica: uma contribuição da economia comportamental para as políticas públicas
Autor(es)/Inventor(es): Henriques, Ana Carolina Campos
Orientador: Possas, Maria Silvia
Resumo: A ligação entre racionalidade e o trade off custo-benefício está no cerne da teoria neoclássica, assim como enraizada no senso comum. Um exemplo disto é a presunção de que o pagamento de uma pequena quantia em dinheiro, sob forma de incentivo, aumentaria uma atitude desejada pela população. Empiricamente, a sensação de ser reconhecido socialmente pela mesma atitude pode se mostrar tão eficaz quanto o benefício monetário. Este estudo identifica e busca compreender os fatores inerentes ao comportamento dos agentes econômicos, para além da racionalidade neoclássica. E, assim, identificar possíveis contribuições da Economia Comportamental à implementação de políticas públicas mais eficientes.
Palavras-chave: Racionalidade
Custo econômico
Teorias econômicas
Comportamento de escolha
Assunto CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIA::TEORIA ECONOMICA
Departamento: Instituto de Economia
Editor: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Data de publicação: 2018
País de publicação: Brasil
Idioma da publicação: por
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://hdl.handle.net/11422/4614
Aparece nas coleções:Ciências Econômicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Monografia _ Ana Carolina Henriques (VF) 18.04.pdf785,04 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.