Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://hdl.handle.net/11422/4888
Tipo: Trabalho de conclusão de graduação
Título: Gênero educação e direitos humanos: Malala Yousafzai e a defesa do direito das meninas ao ensino escolar
Autor(es)/Inventor(es): Araújo, Déborah Abreu de
Orientador: Costa, Cristiane Henriques
Resumo: Obstrução à educação de meninas, casamento infantil e violência sexual são apenas alguns dos problemas gerados pelo fundamentalismo teocrático e pela manutenção de costumes tribais no Oriente Médio. Nesse contexto, a jovem ativista paquistanesa Malala Yousafzai aparece como representante da luta pelos direitos de todas as crianças, principalmente as meninas, ao ensino escolar. Essa é uma reinvindicação básica para a transformação social. Este trabalho propõe discutir a importância da educação e as questões de gênero a partir da leitura de diversos autores, bem como pelo monitoramento desses assuntos na mídia. Além disso, esse estudo busca compreender e explicar as condições que permitiram eleger Malala Yousafzai como símbolo da causa das meninas.
Palavras-chave: Ativismo
Educação
Gênero
Meninas
Assunto CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::COMUNICACAO::JORNALISMO E EDITORACAO
Departamento: Escola de Comunicação
Editor: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Data de publicação: 2-Dez-2014
País de publicação: Brasil
Idioma da publicação: por
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Citação: ARAUJO, Déborah Abreu de. Gênero educação e direitos humanos: Malala Yousafzai e a defesa do direito das meninas ao ensino escolar. 2014. 77 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Comunicação - Habilitação em Jornalismo) - Escola de Comunicação, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2014.
URI: http://hdl.handle.net/11422/4888
Aparece nas coleções:Comunicação - Jornalismo

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DAraújo.pdf602,61 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.