Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/5682
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorCarvalho, Salo de-
dc.contributor.authorCarneiro, Raiza Javarini-
dc.date.accessioned2018-11-08T13:21:07Z-
dc.date.available2018-11-10T02:00:10Z-
dc.date.issued2018-07-
dc.identifier.citationCARNEIRO, Raiza Javarini. Clandestinas: feminização da pobreza e o discurso criminalizador da mulher na América Latina. 2018. 82 f. TCC (Graduação) - Curso de Direito, Faculdade Nacional de Direito, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2018.pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11422/5682-
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio de Janeiropt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectFeminização da pobrezapt_BR
dc.subjectCriminalização femininapt_BR
dc.subjectSeletividade de gêneropt_BR
dc.subjectEncarceramento femininopt_BR
dc.subjectCriminologia crítica feministapt_BR
dc.subjectFeminization of povertypt_BR
dc.subjectWomen's criminalizationpt_BR
dc.subjectGender selectivitypt_BR
dc.subjectFemale incarcerationpt_BR
dc.subjectFeminist critique criminologypt_BR
dc.titleClandestinas: feminização da pobreza e o discurso criminalizador da mulher na América Latinapt_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de graduaçãopt_BR
dc.contributor.advisorLatteshttp://lattes.cnpq.br/4997752549394373pt_BR
dc.contributor.authorLatteshttp://lattes.cnpq.br/5554630753133888pt_BR
dc.contributor.referee1Weigert, Mariana de Assis Brasil e-
dc.contributor.referee1Latteshttp://lattes.cnpq.br/2599484357873815pt_BR
dc.description.resumoO presente trabalho monográfico tem como o objetivo analisar a relação entre o processo de feminização da pobreza e a criminalização da mulher no Brasil e na América Latina, de forma a verificar se a feminização da pobreza pode constituir um dos fatores que influenciam na criminalização feminina. Através de apontamentos bibliográficos sobre a produção do discurso que criminaliza a mulher e as relações de classe que o constituem, buscamos traçar um panorama do discurso criminalizador feminino enquanto produto do desenvolvimento capitalista, o qual acarreta a remodelação das estruturas sociais e a ressignificação dos discursos e papéis atribuídos à mulher na sociedade moderna. Nesse sentido, relacionamos o perfil do encarceramento feminino latino-americano com a pobreza da mulher que, fundamentado em tais discursos criminalizadores, se justifica pela seletividade de gênero. Assim, através da perspectiva de uma teoria crítica feminista, buscamos identificar os processos criminalizantes através da crítica ao sistema penal brasileiro e latino americano, interligando estes discursos à situação socioeconômica da mulher na América Latina.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentFaculdade Nacional de Direitopt_BR
dc.publisher.initialsUFRJpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::DIREITOpt_BR
dc.embargo.termsabertopt_BR
Appears in Collections:Direito

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
RJCarneiro.pdf972,11 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.