Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/6155
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorLourenço, Daniel Braga-
dc.contributor.authorAlmeida, Nathália Guimarães Fernandes de-
dc.date.accessioned2019-01-21T17:14:08Z-
dc.date.available2019-01-23T02:00:16Z-
dc.date.issued2018-07-
dc.identifier.citationALMEIDA, Nathália Guimarães Fernandes de. A natureza jurídica da responsabilidade civil por danos ambientais no direito brasileiro: estudo comparado entre a teoria do risco criado e a teoria do risco integral. 2018. 69 f. TCC (Graduação) - Curso de Direito, Faculdade Nacional de Direito, Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2018.pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11422/6155-
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio de Janeiropt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectDireito Ambientalpt_BR
dc.subjectDano Ambientalpt_BR
dc.subjectResponsabilidade Civil Ambientalpt_BR
dc.subjectExcludentes de Responsabilidadept_BR
dc.subjectJurisprudênciapt_BR
dc.subjectDireito comparadopt_BR
dc.subjectEnvironmental Lawpt_BR
dc.subjectEnvironmental Damagept_BR
dc.subjectEnvironmental Liabilitypt_BR
dc.subjectExcemption of liabilitypt_BR
dc.subjectCase Lawpt_BR
dc.subjectComparative Lawpt_BR
dc.titleA natureza jurídica da responsabilidade civil por danos ambientais no direito brasileiro: estudo comparado entre a teoria do risco criado e a teoria do risco integralpt_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de graduaçãopt_BR
dc.contributor.advisorLatteshttp://lattes.cnpq.br/5890625243625362pt_BR
dc.description.resumoA presente monografia debate, criticamente, a natureza jurídica da responsabilidade civil ambiental, se objetiva baseada na teoria do risco criado ou do risco integral, assinalando a existência de divergência doutrinária entre as teorias, bem como analisando a possibilidade de aplicação das causas excludentes da responsabilidade civil objetiva para o rompimento do nexo de causalidade. Para tanto, realizou-se uma análise bibliográfica do tema, mediante a leitura dos principais doutrinadores, estabelecendo as justificativas da escolha de um ou outro modelo e as consequências práticas dessa opção. Ademais, foi realizada, ainda, uma pesquisa jurisprudencial que visa observar qual das teorias possui mais aceitação pelo STJ nos últimos 10 (dez) anos.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentFaculdade Nacional de Direitopt_BR
dc.publisher.initialsUFRJpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::DIREITO::DIREITO PUBLICOpt_BR
dc.embargo.termsabertopt_BR
Appears in Collections:Direito

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
NGFAlmeida.pdf387.94 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.