Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/8877
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorYoung, Carlos Eduardo Frickmann-
dc.contributor.authorMeyer, Isabella Miranda-
dc.date.accessioned2019-07-24T17:13:49Z-
dc.date.available2019-07-26T03:00:10Z-
dc.date.issued2018-04-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11422/8877-
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio de Janeiropt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectContas econômicas ambientais - Florestaspt_BR
dc.subjectSistema de contas nacionaispt_BR
dc.subjectAmazônia Legalpt_BR
dc.titleSistema de contas nacionais e a integração de contas ambientais: contas de áreas florestais e seu impacto na Amazônia Legalpt_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de graduaçãopt_BR
dc.contributor.advisorLatteshttp://lattes.cnpq.br/9132537574929792pt_BR
dc.description.resumoO presente trabalho tem como tema as Contas Econômicas Ambientais (CEA), com foco nas Contas de Floresta para os municípios dos estados situados na Amazônia Legal Brasileira. O trabalho inicia-se com a discussão sobre os problemas na abordagem das questões ambientais no Sistema de Contas Nacionais, e como as CEA se tornam uma solução para essa questão. Posteriormente propõe-se uma abordagem própria para a criação de contas experimentais de áreas florestais, aplicadas para a região da Amazônia Legal, com o intuito de analisar a perda de cobertura florestal ao longo dos anos. Adicionalmente, são construídas contas associadas de serviços ecossistêmicos para erosão e emissões de carbono. Os resultados mostram que, de forma geral, a proporção de valor adicionado bruto da agropecuária por hectare desmatado tem aumentado ao longo do período analisado (2002-2017), mas que em anos recentes essa trajetória se tornou descendente. Em relação a perda de serviços ecossistêmicos pelo desmatamento, identificou-se que ao longo do período como um todo ocorreram aumentos na emissão de carbono e na erosão potencial por hectare de floresta desmatada, mas que as intensidades de emissão de carbono e erosão se estabilizaram na atual década. Contudo, é fundamental observar que os resultados variam consideravelmente quando são examinados por biomas ou estados específicos. Isso demonstra a importância de um sistema integrado de estatísticas econômicas e ambientais para nortear as trajetórias de desenvolvimento sustentável do Brasil, que é a motivação maior por trás desse trabalho.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentInstituto de Economiapt_BR
dc.publisher.initialsUFRJpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIApt_BR
dc.embargo.termsabertopt_BR
Appears in Collections:Ciências Econômicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
IMMeyer.pdf745.83 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.