Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/14870
Type: Trabalho de conclusão de graduação
Title: Cidade-mercado: uma análise sobre os agentes e discursos por trás do projeto olímpico no Rio de Janeiro e a resistência da Vila Autódromo
Author(s)/Inventor(s): Dias, Bruna do Amaral Barbosa
Advisor: Nunes, Daniel Capecchi
Co-advisor: Franzoni, Júlia Ávila
Abstract: Verifica-se, a partir da análise de alguns casos emblemáticos de revitalização espacial, que a política urbana empreendida no Rio de Janeiro vem sendo direcionada à ressignificação socioeconômica de espaços estratégicos e à periferização das classes marginalizadas, a exemplo da expansão rumo à Zona Oeste. O gerenciamento do meio urbano como instrumento de mercado potencializa essa conjuntura, através de projetos de reestruturação que atendem primeiramente ao grande capital, em detrimento das demandas prioritárias da população. Nesse cenário, no qual podem ser observados tanto interesses de agentes públicos quanto de privados, a remodelação do espaço e o impulsionamento de novos empreendimentos são viabilizados através das Parcerias Público-Privadas. Elas consistem em uma forma de gestão que pode ser utilizada de forma a privilegiar a conveniência mercadológica, como pode ser observado com a realização de megaeventos esportivos. Este estudo abordou alguns aspectos do discurso e da atuação de diferentes atores que serviram de arcabouço prévio aos Jogos Olímpicos de 2016, bem como algumas críticas à proporção do custo social trazido por eventos dessa magnitude, materializado pela quantidade espantosa de remoções que os antecederam. No capítulo final deste trabalho, a análise principal volta-se à história de resistência da Vila Autódromo, uma comunidade que passou décadas na mira dos intentos expulsórios, e que experimentou uma intensificação do conflito com a prefeitura na época de preparação da capital carioca para as Olimpíadas da década passada. Algumas vitórias e derrotas podem ser contadas, porém a persistência dos moradores em resistir à remoção integral do bairro é uma característica incontestável. Além do levantamento teórico, o estudo também contou com trabalho de campo na comunidade, em entrevista concedida por uma das mulheres mais fortes que a autora deste trabalho já conheceu.
Keywords: Rio de Janeiro (RJ)
Revitalização Urbana
Parceria público-privada
Segregação urbana
Eventos esportivos
Jogos Olímpicos de 2016
Vila Autódromo (Rio de Janeiro, RJ)
Urban Revitalizing
Public-private partnership
Urban segregation
Sporting events
2016 Olympic Games
Subject CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::DIREITO::DIREITO PUBLICO
Production unit: Faculdade Nacional de Direito
Publisher: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Issue Date: 2021
Publisher country: Brasil
Language: por
Right access: Acesso Embargado
Citation: DIAS, Bruna do Amaral Barbosa. Cidade-mercado: uma análise sobre os agentes e discursos por trás do projeto olímpico no Rio de Janeiro e a resistência da Vila Autódromo. 2021. 92 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Direito) - Faculdade Nacional de Direito, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2021.
Appears in Collections:Direito

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
BABDias.pdf902.27 kBAdobe PDFView/Open ???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.restrict???


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.