Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/7958
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorBolonha, Carlos Alberto Pereira das Neves-
dc.contributor.authorFernandes, Wanny Cristina Ferreira-
dc.date.accessioned2019-05-16T16:18:42Z-
dc.date.available2019-05-18T03:00:33Z-
dc.date.issued2017-12-
dc.identifier.citationFERNANDES, Wanny Cristina Ferreira. O Estado administrativo e a tese abnegadora do direito de Adrian Vermeule. 2017. 60 f. TCC (Graduação) - Curso de Direito, Faculdade Nacional de Direito, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2017.pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11422/7958-
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio de Janeiropt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectEstado Administrativopt_BR
dc.subjectTeoria Institucionalpt_BR
dc.subjectAbnegação do Direitopt_BR
dc.subjectAdministrative Statept_BR
dc.subjectInstitutional Theorypt_BR
dc.subjectLaw’s Abnegationpt_BR
dc.titleO Estado administrativo e a tese abnegadora do direito de Adrian Vermeulept_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de graduaçãopt_BR
dc.contributor.advisorLatteshttp://lattes.cnpq.br/3159100435446896pt_BR
dc.contributor.authorLatteshttp://lattes.cnpq.br/9528495660243500pt_BR
dc.description.resumoO presente trabalho monográfico tem como objeto de estudo o fenômeno do Estado Administrativo verificado na estrutura governamental norte-americana a partir da análise da inteiração institucional dos órgãos do Poder Executivo, voltados à formação de uma burocracia que regule e execute o projeto estatal de forma coerente e segura buscando a estabilidade. Objetivando apresentar o fenômeno do Estado Administrativo, suas principais discussões teóricas, seu caminhar histórico e sua tendência de promover abnegação do Direito no Estado. Partindo de um marco teórico atual, sustenta-se a hipótese de que o Estado Administrativo é um fenômeno real e prático, que pode ser identificado na formação institucional do Estado norte-americano. As práticas regulatórias e executivas, do corpo de instituições que formam o Estado Administrativo, apontam para um redesenho Estatal, abandonando os padrões estabelecidos pelas teorias clássicas. A pesquisa parte de um marco teórico institucionalista que trata das questões teóricas do Estado Administrativo, das instituições e da superação do Império da Lei por meio da Abnegação do Direito, verificando na deferência institucional, sobretudo do Judiciário a chave para melhor diálogo das instituições e a manutenção da estabilidade estatal.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentFaculdade Nacional de Direitopt_BR
dc.publisher.initialsUFRJpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::DIREITO::DIREITO PUBLICO::DIREITO ADMINISTRATIVOpt_BR
dc.embargo.termsabertopt_BR
Appears in Collections:Direito

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
WCFFernandes.pdf366,24 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.