Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/11422/8032
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorMoreira, Lígia de Farias-
dc.contributor.authorDetoni, Hugo dos Reis-
dc.date.accessioned2019-05-21T21:21:10Z-
dc.date.available2019-05-23T03:00:14Z-
dc.date.issued2012-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11422/8032-
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Rio de Janeiropt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectMecânicapt_BR
dc.subjectEnsino de físicapt_BR
dc.subjectEnsino médiopt_BR
dc.titleVisita a uma academia de musculaçãopt_BR
dc.typeTrabalho de conclusão de graduaçãopt_BR
dc.contributor.referee1Santos, Antônio Carlos Fontes dos-
dc.contributor.referee2Chaves, Francisco Arthur Braun-
dc.contributor.referee3Jesus, Vítor Luiz Bastos de-
dc.description.resumoEste trabalho tem como objetivo ser uma eficaz ferramenta no ensino de Física para alunos de Ensino Médio; com foco específico na área de Mecânica; mais precisamente em polias e molas. Trata-se de uma proposta que pode ser implementada em escolas da rede pública ou privada de ensino, e que consiste na facilitação do aprendizado e assimilação de conceitos de Física que por muitas vezes permanecem mal esclarecidos, utilizando-se de um ambiente bem conhecido pela grande maioria dos alunos que estão na faixa etária relativa ao Ensino Médio. O primeiro passo deste trabalho será a abordagem em sala de aula dos temas a serem estudados da mesma forma que é feita atualmente pelos professores de ensino médio. Porém, deve ser dado um enfoque maior nos tópicos que serão de vital importância para o sucesso do trabalho. Exemplos do cotidiano podem ser utilizados para uma melhor visualização por parte dos alunos. Em seguida temos a proposta da visita a uma academia de musculação, onde os alunos poderão ver de perto os aparelhos envolvidos na pesquisa. Neste momento faz-se necessária a presença de um monitor que poderá auxiliar os alunos e sanar quaisquer dúvidas que eles possam ter ao fazerem suas análises. Outro fator importante é a segurança dos alunos. A turma precisaria ser dividida em pelo menos dois grupos para que não haja nenhum risco de acidentes, visto que é um local onde há anilhas e halteres pesados; e também para que todos tenham a oportunidade de interagir com o experimento. Por fim, os alunos serão submetidos a uma avaliação formativa para consolidar o conhecimento adquirido. Tal avaliação pode ter o formato de prova ou relatório realizado após a visita, em grupo ou individualmente, onde os alunos apresentarão seus dados coletados durante a prática, bem como seus resultados e suas considerações acerca dos mesmos. Cabe ao professor fixar as diretrizes para a realização de tal avaliação.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentInstituto de Físicapt_BR
dc.publisher.initialsUFRJpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::FISICA::AREAS CLASSICAS DE FENOMENOLOGIA E SUAS APLICACOES::MECANICA, ELASTICIDADE E REOLOGIApt_BR
dc.embargo.termsabertopt_BR
Appears in Collections:Física

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
HRDetoni.pdf8,15 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.